Cuidados com a saúde nutricional começam mesmo antes do início da gravidez

O hábito alimentar adequado é fator fundamental em todas as fases da vida para a manutenção da saúde, especialmente com a correria do dia-a-dia. A mulher moderna atenta à alimentação e ao bem-estar preocupa-se com diversas questões relacionadas a uma gestação, em especial, com o ganho de peso. Atualmente, o fato de ser mãe não, necessariamente, precisa vir acompanhado do excessivo ganho de peso, pois as mulheres têm acesso a serviços diferenciados, que podem fazer parte da rotina, desde o momento que antecipa uma gravidez até os períodos pré e pós-parto.  
Pioneira no conceito de humanização e personalização do atendimento a paciente a Maternidade Pro Matre Paulista oferece um serviço nutricional e dietético diferenciado com protocolo específico, direcionado às mulheres que planejam engravidar e também àquelas que já estão grávidas, quebrando mitos de que a grávida tem necessidade de comer por dois.
Com o diagnóstico realizado no estado nutricional pré-gestacional é possível prever riscos maternos e do feto – relacionados à alimentação, e estimar o ganho de peso até o final da gestação. O início da gravidez gera indicadores da importância do controle alimentar que refletem na saúde da materna e fetal.
Segundo o ginecologista e obstetra Dr. Alcides Vara da Pro Matre Paulista, “o monitoramento da dieta durante a gravidez é essencial, não somente para o controle do peso, mas, especialmente, para prevenir o aparecimento de doenças como a hiperemese gravídica – que consiste em um quadro severo e intratável de náuseas e vômitos; o diabetes e a hipertensão gestacional, doenças consideradas fatores de risco à saúde materno-fetal.
“Somos consultados por mulheres que nos procuram antes de engravidar, para obter orientação adequada sobre a dieta indicada para um leve aumento de peso, dentro dos parâmetros necessários à saúde do bebê e para controle do aumento do ponteiro da balança quando estão acima do índice de massa corpórea desejada”, afirma Magda Britto dos Santos, supervisora de Nutrição da Maternidade Pro Matre Paulista.
Totalmente individualizado, o tratamento inclui uma detalhada avaliação nutricional ou inquérito alimentar, que inclui, visita a residência para conhecer os hábitos de consumo. Após essa fase, a paciente recebe orientações nutricionais, sugestões de cardápio, gráfico de acompanhamento nutricional da gestação, tudo planejado de acordo com o perfil da paciente, já considerando se a mesma possui algum tipo de doença associada, para que seja tratada em conjunto. São três os pilares trabalhados de forma contínua: aspectos nutricionais, aspectos médicos e aspectos da paciente.
A paciente que pretende engravidar recebe orientação para uma dieta equilibrada, que respeita suas preferências alimentares, baseada em porções da pirâmide dos alimentos. Quando engravida, a mulher continua seguindo o mesmo cardápio que inclui etapas pós-parto, com acompanhamento no décimo e no quadragésimo dia após a alta hospitalar.
Com uma equipe de nutricionistas especializadas, o Serviço de Nutrição e Dietética segue protocolos de atendimento direcionado a pacientes gestantes e não gestantes, com evolução normal ou com necessidades nutricionais específicas. Um amplo campo de abrangência focado na saúde e na qualidade de vida para mãe e do bebê.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *