Gravidez na Adolescência, como Lidar?

Recentemente soube através da minha Mãe, que a neta de uma amiga nossa está grávida. A menina de apenas 14 anos vai dar a luz ao seu primeiro filho. E claro sem o menor planejamento e infraestrutura para tal passo. O que vem se tornando cada dia mais comum e geralmente fruto de relacionamentos sem estabilidade, e de falta de uma boa comunicação dos pais com os filhos. Porém nem sempre ocorre sem planejamento. crianças costumam ter o pensamento (mais comum entre as meninas), de que a gravidez traz uma emancipação e autonômia. Muitas vezes levando meninas incoscientemente a acreditar que uma gravidez é um caminho para essa tal “liberdade”.

 

No Brasil, o número de casos mesmo tendo diminuido, ainda são bem altos. Segundo dados do Ministério da Saúde:

“Cerca de 20% das crianças que nascem no Brasil são filhas de adolescentes. Esse índice representa três vezes mais garotas menores de 15 anos grávidas do que na década de 70.”

E pensando bem sobre o assunto acho que a coisa vai muito além de Educação Sexual, que ja faz parte do cotidiano da maioria das escolas, e visto em larga escala na midia. É mais o caso de começar a conscientizar as crianças, de que elas podem criar essa “Liberdade” através dos estudos, do Trabalho e da construção de longos projetos de vida. E namorar por mais prazeroso que seja, não deve atrapalhar esse projeto.

Mas nem tudo são “trevas” nesse assunto um tanto quanto polêmico. Em determinados casos uma gravidez bem planejada pode acabar sendo um fator de reorganização da vida. como o caso que li de uma jovem de 22 anos que foi mãe aos 19. e conseguiu reorganizar sua vida de forma proveitosa e curtir bem a maternidade.

Conclusão tudo na vida exige planejamento e pode ter vários finais, depende da forma como é encarado e feito.

Gostou da Matéria? deixe seu comentário. pretende ser Mãe? Não deixe de visitar nossa Loja Virtual recentemente inaugurada em Loja Materlife vendemos produtos diversos para Mamães e Bebês.

Boa Semana e Felicidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *