PESCOÇO: DICAS PARA CUIDAR DESSA REGIÃO DO CORPO

Segundo o dermatologista Anderson Bertolini (CRM-107976), diretor médico da Clínica Bertolini, o pescoço possui menos glândulas sebáceas e colágeno do que a face e isso favorece o ressecamento da pele. “A movimentação constante dessa área também acaba resultando em vincos profundos. Além de ser uma região superexposta, com uma pele muito fina e, portanto, mais suscetível ao envelhecimento precoce”, explica.
Os primeiros sinais de flacidez aparecem a partir dos 35 anos e atinge todos os tipos de pele, deixando a pele com aparência pouco firme e evidenciando algumas partes caídas. O uso de produtos, no entanto, podem retardar o envelhecimento e evitar a flacidez. Alguns tratamentos e cosméticos enrijecedores de fibras musculares tem a finalidade de tonificar a pele e deixa-la mais firme e revigorada. “A flacidez pode ser mais precoce em peles secas, já que a falta de hidratação provoca uma pele sem nutrientes essenciais para a manutenção da beleza. Quanto mais cedo à pessoa iniciar um tratamento preventivo contra a flacidez melhores serão os resultados”, esclarece Bertolini
Segundo o dermatologista, é possível amenizar esse problema em até 50% com o uso de cremes e hábitos saudáveis. Mas em alguns casos, quando problemas críticos atingem essa região do pescoço, procedimentos dermatológicos – alguns mais invasivos – são mais eficazes quando o assunto é eliminar a flacidez e rugas.
Como combater o problema?
Conheça algumas das opções de tratamentos:
Ácido Hialurônico
O preenchimento cutâneo é uma técnica utilizada para corrigir sulcos, rugas e cicatrizes. Consiste na aplicação de substâncias sob a área a ser tratada elevando-a, e tendo como consequência a melhora no aspecto desta região. Está é uma técnica de nível ambulatorial, podendo ser realizada em consultório, com o auxílio de anestesia local (cremes com efeito anestésico) ou anestesia infiltrativa/troncular (como as anestesias de dentista).
Toxina Butolínica
As aplicações de toxina botulínica são indicadas para suavizar as rugas de expressão, provocadas pelas constantes contrações dos músculos. Pequenas quantidades da substância são injetadas em determinados músculos, inibindo a contração dos mesmos, o que propicia uma aparência mais jovem e descansada. É necessário fazer aplicações periódicas, normalmente com intervalos de seis meses.
Peelings Químicos
Os peelings químicos são um dos procedimentos cosméticos não invasivos mais populares realizados para rejuvenescer a aparência da pele. Eliminam linhas e rugas que aparecem com o tempo por conta de fatores como sol, hereditariedade, dieta e movimentos repetitivos dos músculos. Muitas vezes realizados na face, pescoço e mãos, os diversos tipos de peelings químicos podem reduzir o aparecimento de rugas faciais, cicatrizes, e pigmentação irregular, bem como tratar lesões pré-cancerígenas de pele. Cada método tem sua especialidade e por isso a indicação deve ser feita por um dermatologista.
Laser CO2 Fracionado
Uma moderna tecnologia de rejuvenescimento de pele, é um laser que registra ação profunda que tem por objetivo atenuar cicatrizes, estrias, marcas de acne, rugas e manchas de pele em regiões como rosto, colo, braços, pernas, mãos e pescoço. Cada sessão dura aproximadamente uma hora, com aplicação de anestesia local. O resultado é mais eficiente, além de ser bem mais rápido. Em 30 dias, já é possível notar uma evolução que se mantém progressiva por até 12 meses, após cada sessão.
Fonte- Dermatologista Anderson Bertolini (CRM-107976), diretor médico da Clínica Bertolini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *