DESCUBRA COMO PREVENIR A QUEDA CAPILAR NA GRAVIDEZ

Ainda segundo a dermatologista, essa queda pode acontecer 60 dias após o parto e se estender por até seis meses. “A perda dos fios irá variar de acordo com o estado nutricional da mãe. Se durante a gestação, a mulher manteve uma alimentação saudável, a queda pode ficar em torno de 30%. Mas, se não houve este cuidado, a queda pode atingir 50%”, destaca a especialista.
Alimentação e ansiedade sob controle
Se a mulher notar queda de cabelo pós-parto não deve se desesperar. O ideal para vencer essa fase é apostar em uma alimentação saudável e controlar a ansiedade, pois isso irá influenciar na reposição capilar. “Apesar de ser uma situação desagradável, o quadro é muito comum em mulheres grávidas. É importante alertar que, nessa fase, a perda dos fios não tem nenhuma ligação com calvície”, alerta Vanessa.
Se a queda não atenuar, a paciente deve procurar um dermatologista para investigar as causas do problema. Afinal, a perda de cabelo também pode estar relacionada à deficiência de vitaminas, ferro e proteínas.
Cuide bem de suas madeixas
Após o parto, é importante usar loções com ativos que controlam a oleosidade. O uso de xampus adequados pode ajudar na recuperação capilar. Outros tratamentos como peeling capilar e massagens estimuladoras também interferem de forma significativa para atenuar o problema. “Para combater a queda, a gestante deve consumir alimentos ricos em proteínas, massagear o couro cabeludo duas vezes por semana e usar uma loção fortificante”, aconselha a dermatologista.
Confira outras dicas da especialista para prevenir a queda capilar pós-parto:
• Evite usar química sem orientação médica. A composição química pode prejudicar a saúde do bebê.
• Use sempre produtos de qualidade. Aplique xampus, condicionadores e cremes adequados ao seu tipo de cabelo.
• Mantenha uma alimentação balanceada, com o suporte adequado de nutrientes. Isso é fundamental para evitar e conter a queda capilar após o parto.

Fonte- Dermatologista Vanessa Penteado (CRM-SP-95309), médica da Clínica Pantheon de Campinas (SP)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *