DESCUBRA COMO TRATAR A FLACIDEZ E A GORDURA LOCALIZADA PÓS-GESTAÇÃO

Logo após o nascimento dos bebês, as mães já querem iniciar o processo estético para voltar ao corpo de antes da gestação, ou muito próximo disso. “O que mais incomoda as mulheres logo após o parto são as gorduras localizadas e a flacidez da pele”, explica o dermatologista Fernando Passos de Freitas.
A flacidez resulta da perda de colágeno e elasticidade da pele provocadas pelo efeito sanfona natural nas gestantes. E as gorduras localizadas são causadas por uma má alimentação e distribuição das gorduras no corpo.
“Predisposição genética e disfunções hormonais também são inimigos do corpo da mulher”, diz o dermatologista.
Para tratar desses incômodos gerados pela gravidez, alguns tratamentos são indicados e outros contra- indicados para o pós- parto.
Visando orientar as mulheres, Fernando Passos de Freitas criou uma lista com tratamentos disponíveis e outras práticas que não apresentam efeitos colaterais para mães e filhos
Fibras – Uma dieta balanceada e rica em fibras ajuda na reconstrução do colágeno e firmeza da pele.
Endermologia- Através de massagens a vácuo, a endermologia contribui para uma melhor circulação do sangue e o endurecimento dos tecidos, contribuindo para o processo de eliminação da flacidez da pele. O tratamento só pode ser realizado após 6 meses da gestação.
Reaction: O aparelho reúne três níveis de radiofreqüência e um sistema de sucção para combater a celulite, gordura localizada e a flacidez. Ele aquece a pele visando melhorar a circulação, murchar as células de gordura e estimular o colágeno da face. Com esse aparelho é possível controlar a intensidade e a profundidade em que a energia penetra na pele, de acordo com a necessidade do paciente.
Laser CO2 Fracionado é utilizado para rejuvenescimento facial, tratando as rugas finas, fotoenvelhecimento, aspereza da pele, cicatrizes de acne, estrias e manchas provocadas pelo sol (melanose solar, lentigos, e efélides ou sardas).
O tratamento age otimizando a remodelação do colágeno, utilizando o infravermelho para criar um processo inflamatório local, estimulando nova formação de elastina e colágeno, promovendo a renovação da pele. Este tratamento é menos invasivo que os métodos tradicionais e a recuperação é rápida.
Exercícios físicos – Durante a gravidez, as mulheres podem optar por praticar hidroginástica, pilates ou yoga, desde que recomendadas pelos médicos. Os exercícios pós-parto também são essenciais para aquelas que buscam recuperar a forma física.
Drenagem linfática – Ajuda a eliminar as toxinas do corpo e devolver a elasticidade da derme. Pode ser realizada durante a gestação, por estimular o sistema imunológico, diminuir inchaços e dores. Antes de realizar o procedimento, o médico deverá ser consultado.
Fonte- Dermatologista Fernando Passos de Freitas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *