GUIA DE EXERCÍCIOS FISICOS PARA A GESTANTE

No entanto, antes de começar qualquer atividade física, a gestante deve procurar orientação do seu obstetra e do profissional, o qual irá acompanhá-la para estar realizando o exercício, seja um fisioterapeuta ou educador físico, especialista no tipo de atividade envolvida.
“Cuidados simples podem ajudar a gestante ter um melhor rendimento e/ou aproveitamento do exercício durante essa fase”, afirma o fisioterapeuta Bruno Andrade Costa, especialista em fisioterapia músculo- esquelética e pós-graduado em fisioterapia traumato- ortopédica, do Zahra Spa & Estética.
Veja as dicas do profissional-
– Mulheres sedentárias antes da gravidez, devem começar um programa com exercícios leves, porém as que já faziam atividade poderão seguir parte do programa que já executava, com uma intensidade similar, mas sempre orientada pelo profissional;
– Os exercícios devem ser realizados respeitando o limite de cada organismo, evitando as chances de aborto;
– Alongue-se antes e após o treino;
– Nunca se exercite a ponto de ficar em exaustão ou com dificuldades para respirar. Este é um sinal de que seu bebê e você não têm suplemento suficiente de oxigênio disponível;
– Faça pausas e beba bastante líquido durante as atividades;
– Use calçados confortáveis, eles precisam dá suporte e segurança para a gestante, visto que nessa fase os pés incham muito;
– Cuidado com o tipo de terreno, ao fazer exercícios ao ar livre (terrenos irregulares e íngremes podem causar sobrecarga e impacto nas articulações e risco de quedas);
– O clima também é muito importante (não exercitar-se em dias com temperaturas muito altas);
– Esportes competitivos e de contato, não são indicados;
– Exercícios aeróbios devem ser realizados com duração de 30 à 40 minutos, em dias alternados e mantendo a zona alvo ( freqüência cardíaca permitida e orientada pelo profissional);
– Evite pegar muita carga e exercícios que aumentam a pressão abdominal, além de levantamento de pesos acima da cabeça;
– Exercícios na água são excelentes para as gestantes, porém a temperatura da água deve está em torno de 30 a 32 graus, no Maximo;
– Fique atenta ao seu corpo, caso seja necessário reduzir as atividades, ele naturalmente mostrará sinais para diminuir o ritmo e entre em contato com o médico ao perceber quaisquer mudanças ou queixa.

Fonte- fisioterapeuta Bruno Andrade Costa, especialista em fisioterapia músculo- esquelética e pós-graduado em fisioterapia traumato- ortopédica, do Zahra Spa & Estética
Site- www.zahra.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *